Início Notícias Florianópolis tem um Instituto que quer otimizar a governança a cada dia

Florianópolis tem um Instituto que quer otimizar a governança a cada dia

481
0
Florianópolis

Florianópolis é a capital do estado de Santa Catarina, na região Sul do país. O município é composto pela ilha principal, a ilha de Santa Catarina, a parte continental e algumas pequenas ilhas circundantes. Essa terra é conhecida por ter uma elevada qualidade de vida, sendo a terceira melhor cidade do Brasil para ser viver, segundo levantamento realizado pelo IBGE, com base no IDH.
A economia de Florianópolis é fortemente baseada na tecnologia da informação, no turismo e nos serviços. Dentre os atrativos turísticos da capital destacam-se, além das magníficas praias, as localidades onde se instalaram as primeiras comunidades de imigrantes açorianos, como o Ribeirão da Ilha, a Lagoa da Conceição, Santo Antônio de Lisboa e o próprio centro histórico da cidade de Florianópolis.
O Instituto de Previdência de Florianópolis (IPREF) foi instituído em 2009, com a segregação de massas, e a unidade gestora, com personalidade jurídica própria, na condição de autarquia municipal em 2013. O IPREF conta com 7.384 servidores ativos, 2.113 inativos e 392 pensionistas.
O atual superintendente é o economista Marcelo Panosso Mendonça. Ele foi Diretor de Gestão de Recursos Previdenciários do Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina de 2011 até março de 2017; atuou como Superintendente da SUL Previdência Complementar de 2015 a 2017; esteve como Conselheiro do CONAPREV, ANBIMA, SICREDI e OESC e ainda atuou como Professor Universitário nas disciplinas de Mercado de Capitais e Macroeconomia.

 

 

Marcelo Panosso Mendonça

O superintendente destacou os principais planos e projetos realizados pelo IPREF. Entre eles: implantar governança mais efetiva; informatizar e automatizar a análise e concessão de benefícios; revisão e modernização na legislação atual; revisão e auditoria de benefícios; Censo Previdenciário e Revisão da Perícia Médica nos casos de aposentadoria por invalidez.

 

Marcelo Panosso Mendonça também ressaltou as expectativas para esse ano. “Com relação ao pagamento de benefícios, para 2017, a prefeitura já tem provisionado e divulgado as datas de pagamento. A Reforma da Previdência gera expectativa para posteriores alterações no âmbito municipal, onde entendemos salutar, ajustes para a solvência do sistema. O cenário econômico para a retomada do crescimento é ponto fundamental para o equilíbrio fiscal. Cenário que venha a se consolidar, mediante as expectativas e medidas concretas de austeridade fiscal e reformas estruturais”, salientou.

 

Nota
No momento estamos com o CRP sem renovação, devido a inércia da gestão passada, em encaminhar à Secretaria de Previdência, as informações obrigatórias, de forma tempestiva. As irregularidades apontadas no extrato externo dos regimes próprios contêm também procedimentos de gestão que vão de encontro às normativas.
Desde que assumimos, estamos respondendo a contenda, a fim de restabelecer a regularidade. Um dos caminhos céleres será a via judicial, onde entendemos ser necessária, em pontos insanáveis, no curto prazo.
Tão logo consigamos regularizar as demandas herdadas, manteremos o CRP de forma administrativa, imprimindo o zelo necessário à coisa pública.

 
Marcelo Panosso Mendonça