Revista RPPS
 
Acesso a área do Aluno:
Login:
Senha:
Home   |   Institucional   |   RPPS no Brasil   |   Cursos   |   Agenda de Eventos   |   Notícias   |   Parceiros   |   Legislação   |   Fotos   |   Contato
Notícias
Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) de três estados acumulam prejuízos de mais de R$ 500 milhões

Reportagem publicada pelo jornal Estado de São Paulo denuncia que institutos de previdência estaduais e municipais acumularam prejuízo de R$ 528,17 milhões em aplicações feitas entre 2009 e 2013. As informações foram levantadas pelo próprio Ministério da Previdência e Assistência Social (MPAS),  a pedido do jornal, com base em informações de 72 Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) de três Estados - Rio Grande do Norte, Tocantins e Roraima.

A reportagem revela que as perdas são dez vezes maiores do que o investigado na Operação Miqueias, desencadeada pela Polícia Federal em meados de setembro tendo como foco desvios ocorridos em 15 municípios. Os prejuízos desses 72 RPPS foram potencializados por esquemas criminosos e adoção de práticas que não observam regras do Conselho Monetário Nacional ou do Banco Central.

Entre as irregularidades apontadas no relatório do MPAS estão aplicações de recursos acima dos limites permitido pela Resolução 3922 e alocação em fundos de investimento considerados de alto risco. As perdas se concentram em seis fundos de investimento, todos com papéis de bancos liquidados pelo BC nos últimos dois anos em suas carteiras: BVA, Panamericano, Rural e Schain.

Um deles, o FI Diferencial (fundo de renda fixa de longo prazo), tinha papéis do Rural, BVA e Panamericano. A perda nominal para os 42 RPPs que aplicaram recursos nesse fundo foi de R$ 258,2 milhões. A PF descobriu que o fundo estava no portfólio da Invista, consultoria financeira envolvida em denúncias de corrupção. O RPPS de Tocantins, por exemplo, registrou prejuízo de R$ 153 milhões com investimentos nesse e em outros fundos suspeitos apontados pela PF.

As auditorias do MPAS indicaram mudanças no perfil das aplicações dos RPPS nos últimos anos, passando de fundos de bancos de primeira linha para fundos geridos por instituições de pouca representatividade. Ainda segundo relatório do MPAS, alguns "fundos estariam potencialmente sendo utilizados para desvios de recursos" e "colocando em risco a solvência de todo o sistema".

Fonte:Blog Previdência Já

Voltar Topo
 

Revista RPPS do Brasil - Copyright © 2011. Todos os direitos reservados
Endereço: Rua Nossa Senhora de Fátima, nº 585, Nossa Senhora de Fátima - Catalão - Goiás - 75709-180
Fone: (64) 3442-6963 | 8106 3838 | 8133 1707
E-mail: contato@revistarppsdobrasil.com.br


Home   |   Institucional  |   Seja um Parceiro   |   RPPS no Brasil   |  Notícias  |   Contato

 

Desenvolvido por: